quinta-feira, 11 de junho de 2015

A Massagem e o Outono

Olá!! Já que estamos no meio do Outono e as temperaturas estão mais amenas, vamos abordar um assunto que costuma ser tratado com pouca importância: o atendimento no tempo frio.
Nós, profissionais, devemos sempre estar atentos ao bem estar do cliente, certo? Certo!!!
Dentre inúmeros fatores importantes e necessários a um bom atendimento, a climatização é um item que merece atenção. O cliente não deve sentir calor e nem frio, nunca. Não haverá relaxamento se a temperatura não estiver adequada.

E o que podemos fazer para reduzir a sensação de frio?

É básico ter uma manta para aquecer o cliente, mas considero fundamental ter um lençol térmico nesta época. É uma ferramenta perfeita, praticamente todos o adoram. E agora que as temperaturas ainda estão amenas ele e uma manta para cobrir são suficientes. Entretanto, logo chegará o inverno, e quando as temperaturas despencarem o cuidado será redobrado: o ideal será ligar um aquecedor previamente no ambiente, tornando-o aconchegante. A pessoa se sentirá acolhida….
Já o cliente que sabe que passará frio, ele desmarca a massagem naquele dia mais frio… E nós precisamos trabalhar o ano inteiro, não é? Então fique atento a estes detalhes, pense sempre em como você gostaria de ser atendido… Quais cuidados você gostaria que fossem tomados com a sua pessoa… Você gosta de passar frio? Eu não!!

As técnicas e produtos adequados para massagem no frio

Todas as técnicas podem ser trabalhadas em qualquer época do ano, mas no inverno podemos abusar das pedras quentes que são M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A-S; massagem com bambus aquecidos também são tudo de bom; as pindas chinesas… Temos ainda a Candlle Massage, que nada mais é que uma massagem super relaxante, realizada com velas específicas para massagem, as quais, quando acesas, tornam-se um óleo deliciosamente aquecido… Ummm, quanta coisa boa!
Estas técnicas e produtos são diferenciais, mas não são imprescindíveis. Imprescindível deve ser o bom senso do profissional em tentar aquecer suas mãos antes de tocar no cliente; não deixar os pés descobertos; perceber que a temperatura corporal do cliente está mais baixa e fazer algo para aquecê-lo melhor… E um erro que eu considero um pecado quase mortal: pegar o creme frio e passar diretamente na pele do cliente. É um horror!! Uma falta absurda de cuidado… Os óleos de massagem têm uma temperatura mais agradável, aquecem mais rapidamente. Já os cremes não…
Esses são pequenos cuidados que fazem toda a diferença. Não adianta sabermos todas as técnicas profissionais do mundo, se não soubermos executá-las com zelo e amor…
Tudo isso, além da satisfação gerada,  garantirá que o profissional não tenha queda de rendimentos no inverno. Portanto, esteja sempre atento!

Fonte: site Carreira BeautyANA PAULA RAMOSTerapeuta Holística – CRT 41938. Docente de Técnicas Corporais.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Blessing Lammas (Lughnasadh)

O Início das Colheitas


O termo “Lugnasadh” é uma expressão gaélica que significa “A promessa de Lugh”, uma alusão ao juramento que o Deus Lugh fez à sua mãe Taltiu, a Deusa da agricultura, de que todos os anos ela seria lembrada durante o festival das colheitas. É a metade do verão. No mito, o Deus já está velho e cansado, pois já fecundou a Deusa e transmitiu sua força à vegetação. Pelo fato de sua presença não ser mais necessária, Ele se entrega à morte, se sacrificado para alimentar a humanidade, assim como o trigo é ceifado para se fazer pão. Esta data marca o início das colheitas, quando os primeiros grãos são guardados para garantir as sementes do futuro plantio. É o prenúncio do outono.

A criança que logo chegará
Chora-se a morte do Deus
Plantado com semente na terra
Garantindo a fartura na colheita
Toda natureza canta e celebra
O ritual de morte e de alegria
Que vivemos nessa hora
Atmosfera de luto lamenta
Aquele que em yule renascerá
A vida torna-se morte
A morte converte-se em vida
Revelando o grande mistério
De toda criação e essência
Llammas homenagea Lugh
Deus solar da deusa Dana 
Nascimento, ritual e partida
Esse é o ciclo natural da vida
Para celebrar essa festa
Elementos agrícolas colocarás
Enfeitados com girassóis
Frutas cítricas e animais do totem 
A grande Mãe dos Grãos 
De espigas de milho tecida
Fitas verdes e marrons
Laranjas e amarelas torcidas
A Roda do Sol então é criada
Com velas laranjas e verdes 
Também velas douradas 
Queimando Sândalo e Alecrim
Louro e flor de laranjeira assim
Uma grande fogueira para o Sol
Mentalize sua colheita
Riqueza, força e alegria
Benção para os animais 
Selvagens e de estimação
Aproveite para limpar a mente
Fracassos, sucessos, projetos
Tire o que for desnecessário 
Plante o que deseja colher 
Isso é regra indispensável 
Descarte o que te faz sofrer
Medite nessa verdade 
Atraia aquilo que deseja ter
Colherás então prosperidade
Salve Llammas grande Sabbat 
Salve a Mãe de toda criação 
A renovação e a esperança 
O Deus e a Deusa do Grão.
No ventre da Deusa é gerada

Por: Ana Elizabete Barbosa

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Mercurio Retrogrado



Em 2015, Mercúrio estará Retrógrado durante 3 períodos, afetando sobretudo a comunicação, negociações, inícios de projetos, entre outros.

22 de janeiro a 12 de fevereiro de 2015
19 de maio a 12 de junho de 2015
18 de setembro a 10 de outubro de 2015

Quando Mercúrio está retrógrado, por vezes, outros planetas parecem estar viajando para trás através do Zodíaco; isto é uma ilusão. Chamamos este movimento retrógrado de ilusão.

Períodos retrógrados de Mercúrio podem ser a causa de desvios em nossos planos. No entanto, este é um excelente momento para refletir sobre o passado. 

A Intuição é alta durante estes períodos e, coincidências podem ser extraordinárias.

Quando Mercúrio está retrógrado, você deve manter-se flexível, separar um tempo para atividades não programadas e evitar assinar contratos. 
Pode rever planos e projetos nestes momentos, mas espere até Mercúrio retome para tomar qualquer decisão final. 

Se você se sente diferente ou de mau humor, esta é a razão. 

Ser positivo e purificar-se e até mesmo sua casa. Eu uso incenso Ganesh funciona melhor para mim. (Magickal Realms)

Um homem com uma mensagem, Mercúrio vem da palavra latina merx, ou mercador, que significa o comerciante. Mercúrio é o nome dado pelos antigos romanos para o mitológico Deus grego Hermes.

Mercúrio é retratado como uma figura masculina tendo pés, sandálias e um chapéu alados, indicando a capacidade de viajar rapidamente. Ele era o mensageiro oficial dos antigos deuses e deusas e, como tal, voltado para comunicações.

Em 1782, o Mercúrio se tornou o primeiro símbolo do serviço postal dos Estados Unidos. Hoje, ele é o ícone de um serviço de entrega internacional de flores.

Na astrologia, Mercúrio influencia viagens, literatura, poesia, mercadores e ladrões. Ele é astuto e inteligente, com um pré-aviso de momentos. Mas ele também é reconhecido como um trapaceiro e propenso a mau comportamento.

Não tente viajar tanto fisicamente e emocionalmente. Se não acredita que vá para o oceano e veja a força das ondas.
Também: Tempestade de nordeste na nossa direção sábado. Coincidência, acho que não!



terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Antibiótico de luz

Invenção de estudante brasileiro substitui antibiótico por luz



Uma espécie de lanterna com lâmpadas de led, o equipamento já foi testado pelo exército americano.

O emissor de luz criado pelo pernambucano Caio Guimarães é capaz de matar até as bactérias mais resistentes

Ao invés de antibióticos que agridem o estômago, luzes capazes de tratar infecções. Essa foi a ideia desenvolvida pelo estudante pernambucano Caio Guimarães, que durante um estágio no Wellman Center, laboratório de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), desenvolveu a tecnologia capaz de tratar infecções através da irradiação de luz nos tecidos humanos.

Em uma frequência que mata até mesmo as bactérias mais resistentes, os equipamentos são capazes de eliminar a infecção em cerca de uma hora. Bem mais eficiente que os antibióticos que existem no mercado farmacêutico, o mecanismo já foi testado em uma pesquisa patrocinada pelo exército norte-americano para eliminar bactéria encontrada em ferimentos de soldados que foram ao Iraque.

Como uma lanterna portátil, o equipamento conta com lâmpadas de led calibradas para irradiar uma frequência exata de luz, que é visível a olho humano e não tem efeitos colaterais. Uma microagulha guia a luz da fonte para dentro dos tecidos humanos, atingindo até mesmo áreas mais profundas. 

Em fevereiro o trabalho será apresentado no Photonics West, em São Francisco, na Califórnia.

Fonte: asboasnovas.com

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Massagem Relaxante com Bambus Aquecidos. Uma delícia!!

Bambuterapia ou Bamboo Massage

A Bambuterapia, também conhecida por Bamboo Massage, é uma técnica de massagem realizada com bambus de diferentes tamanhos. Foi apresentada pela primeira vez no Brasil no ano de 2006, pelo fisioterapeuta francês Gill Amsalen. E desde então passou a ser muito utilizada, já que os bambus são muito versáteis na execução de técnicas faciais e corporais, além de exigir menos esforço do profissional. E criativos que somos, passamos a aquecer os bambus na mesma bolsa térmica que as pedras, na Massagem com Pedras Quentes. Resultado? Uma massagem inigualável!

Massagem com Bambus Aquecidos massoterapeuta ana paula ramos  bambuterapia
Aquecedor multi uso
As hastes auxiliam no relaxamento da musculatura tensionada e beneficiam a circulação sanguínea. Quando os bambus são aquecidos, o relaxamento muscular é muito maior, e o resultado final extremamente benéfico. O cuidado em aquecer os bambus, e a preocupação em não deixar o indivíduo passar frio, fidelizam o atendimento e fazem com esse cliente retorne mesmo em dias muito gelados.
A técnica é, praticamente, uma unanimidade. Entretanto, além da Ficha de Avaliação do cliente, devemos estar atentos a outros cuidados:

Cuidados Necessários na massagem com bambus:

Massagem com Bambus Aquecidos massoterapeuta ana paula ramos  bambuterapia
Kits Bambu para massagem
Devemos levar em consideração a escolha do kit de bambus, que deve ser de qualidade, pois devem ser lixados; sua higienização deve ser realizada com álcool 70% ou spray de melaleuca; as hastes não devem ser envernizadas ou impermeabilizadas e devem ser armazenadas em saco de tecido ou juta, para que recebam ventilação. Tomadas às devidas precauções, teremos essa ferramenta de trabalho por um longo tempo.

 

 A técnica da bambuterapia

A Bambuterapia é simples de ser executada, não tem segredos para quem já trabalha com massagem, mas não é difícil de aprender para aqueles que ainda não são profissionais. O interessante é que os bambus podem ser associados a diversas outras técnicas.
E, para finalizar, vou contar uma historinha:
Acredita-se que, por virem da natureza, os bambus favoreçam o equilíbrio e relaxamento do ser. Eu acredito. Tudo na natureza é benéfico, eu diria até, sagrado. Não fosse assim, não nos sentiríamos tão bem a cada passeio no campo, ou banho de mar. E, na correria do dia a dia, se não podemos ir à natureza, a massagem pode trazer um pedacinho dela até nós…

Namastê!

Esta matéria foi publicada no Blog Carreira Beauty
É de autoria da Massoterapeuta Ana Paula Ramos

Terapeuta Holística – CRT 41938. Docente de Técnicas Corporais.

terça-feira, 1 de julho de 2014

A Magia da Massagem com Pedras

Pedras para Massagem

Massagem das Pedras Quentes, massagem geotermal ou hot stone massage são designações para a terapia geotermal. Nesta terapia utilizam-se “pedras” quentes, frias ou semi-preciosas conjuntamente com outras técnicas de massagem, e terapias, nomeadamente :aromoterapia, termoterapia, cromoterapia, cristaloterapia e terapias energéticas ao nível dos chakras, entre outros. Trata-se uma terapia holística porque abrange corpo, mente e alma.
A Massagem das Pedras ou Massagem geotermal é uma terapia oriunda de civilizações antigas. A energia e o conteúdo mineral das pedras formam uma forte sinergia de energias curativas. As pedras de origem vulcânica – como o basalto – transmitem essas energias quando colocadas em pontos específicos no corpo, dissolvem tensões, retiram bloqueios e neutralizam energias negativas. Trata-se de uma terapia relaxante, revigorizante, tonificante e desintoxicante. O calor oriundo das pedras proporciona relaxamento, aumenta a circulação sanguínea e auxilia na energização dos meridianos.
A Terapia das Pedras pode ser realizada com pedras quentes e frias, ou somente quentes ou frias. Varia de acordo com os spas que oferecem tratamentos relaxantes.
No inicio da Massagem de Pedras quentes, num ambiente tranqüilo e relaxante, o terapeuta dá uma ligeira massagem com um óleo de massagem, para ajudar assim, ao relaxamento muscular e preparar o corpo para receber as energias das pedras. Enquanto as pedras estão a ser aquecidas numa panela específica para o tratamento. De seguida, o terapeuta retira as pedras, e verifica a temperatura, e coloca-as ao longo da região vertebral, mas também no rosto, braços, pernas, mãos e pés, e começa a realizar manobras com as pedras quentes ao longo corpo do cliente.

Fonte: site- Manual da Beleza

sábado, 21 de junho de 2014

COMEMORANDO O YULE


O altar é decorado com plantas como pinho, alecrim, louro, zimbo e cedro, que podem ser utilizados para marcar o Círculo. Folhas secas também podem ser colocadas no altar. Encha o caldeirão - no altar e sobre uma superfície à prova de fogo - com algum líquido inflamável (álcool), ou então coloque uma vela vermelha dentro do caldeirão.

Em rituais externos, prepare uma fogueira sob o caldeirão, a ser acesa durante o ritual. Prepare o Altar, acenda as velas e o incenso, crie o círculo, invoque a Deusa e o Deus. De pé diante do caldeirão, contemple seu interior. Diga estas palavras ou outras semelhantes.

"Não me aflijo, embora o mundo esteja envolto em sono.
Não me aflijo, embora os ventos gélidos soprem.

Não me aflijo, embora a neve caia dura e profunda.
Não me aflijo, logo isto também será passado."


Acenda o caldeirão (ou a vela), usando fósforos longos ou uma vela, Enquanto as chamas crepitam, diga:

"Acendo este fogo em sua honra, Deusa Mãe.
Você criou vida a partir da morte; o calor do frio;
O sol vive novamente; o tempo de luz está crescendo.
Bem - vindo, Deus Solar que sempre retorna!
Salve, mãe de Tudo!"


Circule o altar e o caldeirão lentamente, no sentido horário, observando as chamas. Repita o seguinte por algum tempo: "A roda gira, o poder queima!"

Medite sobre o Sol, sobre as energias ocultas que adormecem durante o inverno, não apenas na terra mas em nós mesmos. Pense no nascimento não como o início da vida, mas sim sua continuação. Dê boas vindas ao Deus.

Após algum tempo, pare e novamente de pé diante do altar e do caldeirão no fogo, diga: 

"Grande Deus do Sol, saúdo o teu retorno.
Que brilhes sobre a Deusa;
Que brilhes sobre a Terra,
Espalhando as semente e fertilizando o solo.
A ti todas as bênçãos, Ó renascido do Sol!"

Yule Log - Tronco Yule

Em tempos pré-históricos, o inverno foi um momento muito difícil para o povo em latitudes do norte. As tribos tinham que viver de armazenagem de alimentos, animais e o que poderia pegar. Eles temiam que o Sol desaparecesse deixando-os em completa escuridão e frio. A necessidade de calor e de fogo trouxe a origem deste nosso costume, o Tronco de Yule.
Nesta noite mais longa do ano muitas são as histórias sobre queimar o tronco de Yule, nossos ancestrais acreditavam que com esse ato afastariam os maus espíritos. Com o passar do tempo o Yule Log se transformou em um grande símbolo do Solstício de inverno, utilizando ingredientes propícios desta época encantamos nossa celebração com um lindo bolo em forma de tronco trazendo a tradição para nossa mesa.

Yule Log de chocolate
Massa:
Ingredientes
6 ovos
3 xícaras de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo peneiradas
1 xícara de leite fervendo
2 colheres de sopa de fermento em pó
Modo de preparo:
Bata as claras em neve até ficar bem consistente, acrescente as gemas uma a uma sem parar de bater. Ainda sem parar de bater coloque o açúcar e deixe bater até ficar branquinho. Desligue a batedeira, misture levemente com uma colher, a farinha peneirada.
Coloque o fermento no leite fervendo e despeje na massa então pode tornar a bater.
Asse em forno pré-aquecido por mais ou menos 40min em forma untada e enfarinhada.
Recheio:
Bater 4 gemas com 4 colheres(sopa) de açúcar, juntar 4 colheres(sopa) de nozes moídas e levar ao fogo, mexendo sempre, até aparecer o fundo da panela.
Cobertura:
400g de chocolate meio amargo
01 xícara (café) de mel
Modo de Preparo:
Leve em banho-maria o chocolate e o mel. Assim que o chocolate estiver derretido, retire do fogo e bata com colher de pau até consistência de creme.
Decore com cerejas e lascas de figo

Feliz Yule, que o Yule Log traga doces bênçãos.

Fontes: Old Religion & Jornal Pentáculo